Porque falar sobre a medicalização ?

posted in: Blog | 0

“Falar da relação entre drogas lícitas e psiquiatria é investigar sobre a maneira como o ser humano lida com a dor da sua própria existência. Mas é também um exercício de reflexão sobre a mercantilização do sofrimento psíquico dentro do contexto onde a indústria farmacêutica não mede esforços para facilitar a medicalização de todo o mal estar, sem levar em conta os aspectos subjetivos envolvidos em cada caso. Em 2012, por exemplo, foram vendidas 42,33 bilhões de caixas de antidepressivos,o que significa que 1 em cada 5 brasileiros consumiram uma caixa por ano.

Sim, precisamos problematizar a questão, tratando-a com a devida seriedade e delicadeza. Seriedade porque estamos falando de saúde tanto no âmbito físico quanto psíquico. Delicadeza porque queremos falar dos afetos que são calados e escamoteados pelo desenfreado consumo de psicotrópicos.

 

Em Dezembro, estaremos debatendo sobre tema.

Venha participar !!!

Autora

Simone Ferreira

CRP 05/38722

Tenho como proposta conduzir o tratamento psicanalítico de forma a contribuir para que você vá ao encontro de seu próprio desejo, libertando-se daquilo que o impede de alcança-lo. A experiência psicanalítica abre espaço a novas e constantes possibilidades de reinvenção de si mesmo, resignificando seu passado. Assim, você pode reescrever seu presente. Você pode entrar em contato pelo WhatsApp pelo número: (21) 98171-5996

Leave a Reply